Início Emagrecer Em Casa | Com Isso, Não Aquilo! Perda de Peso !? 20 razões comuns pelas quais você não está...

Perda de Peso !? 20 razões comuns pelas quais você não está emagrecendo – Dicas !

Perda de Peso, 20 razões comuns pelas quais você não está emagrecendo !
Perda de Peso ! Você não consegue emagrecer? Atenção quando você perde peso ou ganha, seu corpo reage.

Você pode ser capaz de perder muito peso no começo, sem muito esforço.

No entanto, a perda de peso pode diminuir ou você pode parar completamente de emagrecer após um tempo.

Este artigo lista 20 razões comuns pelas quais você não está perdendo peso.

Ele também contém dicas úteis sobre: Emagrecer Em Casa Com Isso, Não Aquilo! .

Perda de Peso, 20 razões comuns pelas quais você não está emagrecendo !

Perda de Peso, 20 razões comuns pelas quais você não está emagrecendo !

1. Talvez você esteja perdendo peso sem perceber

Se você acha que está experimentando uma nova dieta de perda de peso, calma! talvez não precise surtar ainda.

É incrivelmente comum a balança não se mover por alguns dias (ou semanas) de cada vez. Isso não significa que você não está perdendo gordura ou emagrecendo.

O peso corporal tende a flutuar por alguns quilos. Depende dos alimentos que você está comendo, e os hormônios também podem ter um efeito importante sobre a quantidade de água que seu corpo segura (especialmente nas mulheres).

Além disso, é possível ganhar músculo ao mesmo tempo que você perder gordura. Isso é particularmente comum se você acabou de começar a se exercitar.

Isso é uma coisa boa, pois o que você realmente quer é perder a gordura corporal , não apenas o peso.

É uma boa ideia usar algo diferente para avaliar seu progresso. Por exemplo, meça sua circunferência da cintura e obtenha seu percentual de gordura corporal mensurado uma vez por mês.

Além disso, uma super dica são suas roupas veja como elas te veste quando você se olha no espelho poderá ser muito revelador.

A menos que seu peso tenha ficado preso no mesmo ponto por pelo menos de 1 a 2 semanas , você provavelmente não precisa se preocupar com nada.

2. Você não está mantendo o controle do que está comendo emagrecer

Conscientização é extremamente importante se você está tentando perder peso. Muitas pessoas realmente não têm idéia do quanto estão realmente comendo.

Estudos mostram que manter o controle de sua dieta ajuda na perda de peso. As pessoas que usam diários alimentares, ou tiram fotos de suas refeições, perdem consistentemente mais peso do que as que não fazem ( 1 , 2 ).

3. Você não está comendo bastante proteína

A proteína é o nutriente mais importante para perder peso.

Comer proteína a 25-30% das calorias pode aumentar o metabolismo em 80-100 calorias por dia e fazer com que você coma automaticamente centenas de calorias a menos por dia. Também pode reduzir drasticamente os desejos e desejos de petiscar ( 3 , 4 , 5 , 6 , 7 ).

Isso é parcialmente mediado pelos efeitos da proteína sobre os hormônios reguladores do apetite, como a grelina e outros ( 8 , 9 ).

Se você tomar café da manhã, então esta é a refeição mais importante para carregar a proteína.

Estudos mostram que aqueles que comem um café da manhã com alto teor de proteína têm menos fome e têm menos desejos ao longo do dia ( 10 ).

Uma alta ingestão de proteína também ajuda a prevenir a desaceleração metabólica, um efeito colateral comum da perda de peso. Também ajuda a prevenir a recuperação de peso ( 11 , 12 , 13 ).

4. Você está comendo muitas calorias?

Uma grande porcentagem de pessoas que têm problemas para perder peso está simplesmente no fato de estar comendo muitas calorias.

Você pode pensar que isso não se aplica a você, mas tenha em mente que os estudos mostram consistentemente que as pessoas tendem a subestimar a ingestão de calorias em quantidades significativas no seus dia a dia ( 14 , 15 , 16 ).

Se você não está perdendo peso e não consegue emagrecer, então você deve tentar pesar seus alimentos e controlar suas calorias por um tempo.

O controle também é importante se você estiver tentando atingir uma determinada meta nutricional, como obter 30% de suas calorias de proteína. Isso pode ser impossível se você não estiver rastreando as coisas corretamente.

Geralmente não é necessário contar calorias e pesar tudo para o resto de sua vida.

Eu pessoalmente apenas faço isso a cada poucos meses por alguns dias para ter uma “sensação” de quanto eu deveria estar comendo.

5. Você não está comendo alimentos integrais para emagrecer

A qualidade dos alimentos é tão importante quanto a quantidade.

Comer alimentos saudáveis pode melhorar sua saúde e ajudar a regular seu apetite. Esses alimentos tendem a ser muito mais saudáveis do que seus equivalentes processados.

Tenha em mente que muitos alimentos processados ​​rotulados como “alimentos saudáveis” não são realmente saudáveis . Atenha-se a alimentos integrais e de ingrediente único, tanto quanto possível para Emagrecer de forma saudável.

6. Você não está levantando fazendo exercícios

Uma das coisas mais importantes que você pode fazer quando está perdendo peso é fazer alguma forma de exercícios de resistência, como levantar pesos ou ate mesmo caminhadas.

Isso pode ajudá-lo a manter sua massa muscular, que muitas vezes é queimada junto com a gordura corporal se você não estiver se exercitando ( 17 ).

Levantar pesos e fazer exercícios também pode ajudar a prevenir a desaceleração metabólica e garantir que o que está abaixo da gordura pareça bom ( 18 ).

Você não quer perder um monte de peso apenas para parecer “magro”.

7. Você está comendo compulsivamente (mesmo em alimentos saudáveis)

A compulsão alimentar é um efeito colateral comum da dieta. Envolve a ingestão de grandes quantidades de alimentos, muitas vezes, mais do que seu corpo precisa.

Este é um problema muito grande para muitas dietas. Alguns se alimentam de junk food, enquanto outros gastam alimentos relativamente saudáveis, incluindo nozes, manteigas de nozes, chocolate amargo , queijo , etc.

Mesmo que algo seja saudável, as calorias ainda contam. Dependendo do volume, apenas uma simples compulsão pode arruinar a dieta de uma semana inteira.

8. Você não está fazendo cardio

Por alguma razão estranha, cardio (como uma corrida de uma hora, Uma sessão longa na esteira, natação, etc) você tem obtido um mau rap nos últimos anos.

No entanto, é uma das formas mais eficazes de melhorar sua saúde. Também é muito eficaz na queima de gordura da barriga , a gordura “visceral” prejudicial que se acumula ao redor dos órgãos e causa a doença ( 19 , 20 ).

9. Você ainda está bebendo bebidas açucaradas

As bebidas açucaradas são os itens que mais engordam no suprimento de alimentos. Nossos cérebros não compensam as calorias neles, fazendo-nos comer menos de outros alimentos ( 21 , 22 ).

Isso não é verdade apenas para bebidas açucaradas como Coca e Pepsi; também se aplica a bebidas “mais saudáveis”, como a Vitaminwater – que também é carregada com açúcar .

Mesmo sucos de frutas são problemáticos e não devem ser consumidos em grandes quantidades. Um único copo pode conter uma quantidade semelhante de açúcar como vários pedaços de fruta inteira !

10. Você não está dormindo bem

O bom sono é uma das coisas mais importantes a considerar para a sua saúde física e mental, bem como o seu peso.

Estudos mostram que o sono ruim é um dos maiores fatores de risco para a obesidade. Adultos e crianças com sono ruim têm risco 55% e 89% maior de se tornarem obesos, respectivamente ( 23 ).

11. Você não está cortando os carboidratos

Se você tem muito peso a perder, e / ou se você tem problemas metabólicos como diabetes tipo 2 ou pré-diabetes, então você pode querer considerar uma dieta baixa em carboidratos .

Em estudos de curto prazo , esse tipo de dieta mostrou causar até 2-3 vezes mais perda de peso do que a dieta padrão “baixa em gordura” que é frequentemente recomendada ( 24 , 25).

Dietas low-carb também podem levar a melhorias em muitos marcadores metabólicos, como triglicérides, colesterol HDL e açúcar no sangue, para citar alguns ( 26 , 27 , 28 , 29 ).

12. Você está comendo muito frequentemente

É um mito que todos devem comer muitas pequenas refeições por dia para aumentar o metabolismo e perder peso.

Os estudos realmente mostram que a frequência das refeições tem pouco ou nenhum efeito na queima de gordura ou perda de peso nas dietas ( 30 , 31 ).

Também é ridiculamente inconveniente estar preparando e comendo comida o dia todo. Isso torna a nutrição saudável muito mais complicada.

Existe até um método de perda de peso incrivelmente eficaz chamado jejum intermitente, que envolve deliberadamente ficar sem comida por longos períodos de tempo (15-24 horas ou mais). Você pode ler sobre isso aqui .

13. Você não está bebendo água

A água potável pode trazer benefícios para a perda de peso.

Em um estudo de perda de peso de 12 semanas, pessoas que beberam meio litro de água 30 minutos antes das refeições perderam 44% mais peso ( 32 ).

A água potável também foi mostrada para aumentar a quantidade de calorias queimadas em 24-30% durante um período de 1,5 horas ( 33 , 34 ).

14. Você está bebendo muito álcool

Se você gosta de álcool, mas quer perder peso, então pode ser melhor manter os espíritos (como a vodca) misturados com uma bebida não calórica.

Cerveja, vinho e bebidas alcoólicas açucaradas são muito altas em calorias.

Também tenha em mente que o álcool em si tem cerca de 7 calorias por grama, o que é alto.

Dito isto, os estudos sobre álcool e peso mostram resultados mistos. Beber moderadamente parece estar bem, enquanto beber muito está ligado ao ganho de peso ( 35 ).

15. Você não está comendo com atenção

Uma técnica chamada alimentação consciente pode ser uma das ferramentas de perda de peso mais poderosas do mundo.

Envolve desacelerar, comer sem distração, saborear e apreciar cada mordida, enquanto ouve os sinais naturais que dizem ao seu cérebro quando ele está cheio o suficiente.

Numerosos estudos mostraram que a alimentação consciente pode causar perda de peso significativa ( 36 , 37 ) e reduzir a frequência de compulsão alimentar38 , 39 ).

16. Você tem uma condição médica que está dificultando a perda de peso

Existem algumas condições médicas que podem impulsionar o ganho de peso e dificultar muito a perda de peso.

Estes incluem hipotireoidismo, síndrome do ovário policístico (SOP) e apneia do sono .

Certos medicamentos também podem dificultar a perda de peso, ou até mesmo causar ganho de peso.

Se você acha que isso se aplica a você, fale com seu médico sobre suas opções.

17. Você é viciado em junk food

De acordo com um estudo de 2014, cerca de 19,9% das pessoas satisfazem os critérios de dependência alimentar ( 40 ).

As pessoas que têm esse problema usam junk food de maneira semelhante ao uso de drogas por usuários ( 41 ).

Se você é viciado em junk food, então simplesmente comer menos ou mudar sua dieta pode parecer absolutamente impossível. A dica é busquem ajuda .

18. Você está passando fome por muito tempo para emagrecer

Pode não ser uma boa ideia “fazer dieta” por muito tempo.

Se você está perdendo peso há muitos meses e já atingiu um resultado, então talvez você só precise fazer uma pausa.

Aumente sua ingestão de calorias em algumas centenas de calorias por dia, durma mais e eleve alguns pesos com o objetivo de ficar mais forte e ganhar um pouco de músculo.

Objetivo de manter seus níveis de gordura corporal por 1-2 meses antes de começar a tentar perder peso ou emagrecer novamente.

19. Suas expectativas na perda de peso são realistas?

A perda de peso geralmente é um processo muito mais lento do que a maioria das pessoas deseja ao emagrecer.

Embora muitas vezes é possível perder peso rapidamente no início, muito poucas pessoas podem continuar a perder peso a uma taxa de mais de 1-2 kg por semana.

Outro grande problema é que muitas pessoas têm expectativas irrealistas do que é possível com uma dieta saudável e exercício físico.

A verdade é que nem todo mundo pode parecer um modelo de fitness ou fisiculturista.

As fotos que você vê em revistas e outros lugares são frequentemente aprimoradas usando o Photoshop – literalmente, ninguém realmente se parece com isso.

Se você já perdeu algum peso e se sente bem consigo mesmo, mas a balança não parece querer se mexer ainda mais, então talvez você deva começar a aceitar seu corpo como ele é.

Em algum momento, seu peso vai atingir um ponto de ajuste saudável, onde seu corpo se sente confortável. Tentar ir além disso pode não valer o esforço e pode até ser impossível para você.

20. Você está muito focado em “fazer dieta”

“Dietas” quase nunca funcionam a longo prazo. Na verdade, estudos mostram que as pessoas que “fazem dieta” ganham mais peso com o tempo ( 42 ).

Em vez de se aproximar disso de uma mentalidade de dieta, torne o seu objetivo principal tornar-se uma pessoa mais feliz, saudável e saudável.

Concentre-se em nutrir seu corpo ao invés de privá-lo, e deixe a perda de peso seguir como um efeito colateral natural.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.