Dor de estômago – Entenda sua dor, Causas, como tratar, prevenir e o que tomar | Dicas Mais Saúde

Dor de estômago - Entenda sua dor, Causas, como tratar, prevenir e o que tomar | Dicas Mais Saúde

Dor de estômago – Entenda sua dor! Quando os excessos são cometidos no dia a dia durante a refeição, é comum ter dor ou queimação na parte superior do estômago , acompanhada de azia e arrotos; Também é comum que os gases apareçam e a sensação de estar cheio .

Dor de estômago – Entenda sua Dor, Diagnóstico, Tratamento e Prevenção

A chamada dor de estômago se deve ao fato de que os ácidos que auxiliam na digestão dos alimentos sobem para o esôfago, causando sintomas desconfortáveis ​​que, em geral, não comprometem a saúde e podem ser tratados com medidas simples.

Dor de estômago - Entenda sua Dor, Causas, Tratamento e Prevenção

Causas de desconforto no estômago

Também conhecido como dispepsia , o problema é causado pelo consumo de alimentos irritantes e gordurosos, álcool e tabaco.

A dor de estômago é frequentemente associada a causas inofensivas, mas também é possível ser um reflexo de alguma condição de má digestão.

Normalmente, eles são produzidos por:

  • Comer muito ou muito rápido.
  • Comer alimentos que são ricos em gordura ou muito picantes, como lanches.
  • Às vezes, estresse e fadiga geram distúrbios no processo digestivo .
  • Fumar, um hábito que promove a produção de ácidos gástricos.
  • Tome muito bebidas alcoólicas.
  • Gastrite .
  • Intolerância à lactose (incapacidade de digerir o açúcar contido no leite).
  • Câncer de estômago.
  • Exercite-se ou ir para a cama imediatamente depois de comer.
  • Constipação .
  • Diarreia
  • Anti inflamatórios

Sintomas de dor de estômago

Na maioria das vezes, o desconforto não se refere a algo sério; é importante no entanto, quando são frequentes, indicam que algo está perturbando o estômago. Alguns dos sintomas mais comuns da dispepsia são:

  • Sensação de dor ou ardor na parte superior do abdómen ou peito.
  • Perda de apetite pela sensação de estar cheio .
  • Agruras .
  • Ruídos abdominais erráticos e exagerados, semelhantes aos que aparecem quando você está com fome.
  • Às vezes , náusea , constipação , diarréia e gases ( flatulência ) ocorrem .

Diagnóstico de desconforto no estômago

O processo de diagnóstico baseia-se nos sintomas descritos acima. Abaixo está o que você pode esperar na clínica ou consultório médico:

  • O profissional de saúde interroga os hábitos alimentares da pessoa, bem como um exame de outros órgãos e físico.
  • Quando a dor de estômago mais do que duas semanas é prolongada e não responde ao tratamento inicial, o especialista normalmente solicitar exames de laboratório para confirmar ou excluir a uma doença mais grave, como gastrite , intolerância a alimentos ou do cancro de estômago.
  • Os exames laboratoriais geralmente incluem exames de sangue e fezes.
  • Se o paciente tiver dificuldade para engolir ou vomitar com perda de peso, um endoscópio (tubo de fibra ótica) é freqüentemente usado para examinar o interior do esôfago, estômago ou intestino.
  • Outros estudos medem as contrações do esôfago ou sua resposta aos ácidos.

Como evitar dores de estômago?

Existem várias medidas para prevenir a dispepsia e melhorar seu bem estar, como as seguintes:

  • Não coma alimentos excessivamente condimentados.
  • Evite o consumo de gorduras ou irritantes (pimenta e café) em excesso, bem como os alimentos que geralmente causam desconforto, acidez do estômago, por exemplo, leite com lactose.
  • Mastigue os alimentos devagar e não coma demais.
  • Não beba álcool.
  • Deixar de fumar.
  • Evite situações de estresse.

Tratamento dispepsia

As medidas devem ser ajustadas à causa da possível condição; Alguns métodos e recomendações a seguir incluem:

  • Consumir ou aumentar na dieta regular a ingestão de fibras, é recomendado vegetais e líquidos, desde que melhorem a digestão e ajudem que o conteúdo do intestino seja amolecido. Há suplementos alimentares gratuitos que  que ajuda a aliviar dor de estômago pode ser uma solução
  • fornecer essa contribuição.
  • Se o problema é identificado com o tabagismo, é necessário parar de fumar (produtos de venda livre para sair são de grande ajuda).
  • Não coma alimentos muito picantes ou com gordura.
  • Evite situações de tensão. Vários tranqüilizantes naturais de venda livre podem aliviar este problema.
  • Para controlar a queimação no peito , você pode recorrer a antiácidos vendidos gratuitamente ou a alguns produtos naturais na forma de infusão.
  • Para aliviar a constipação ou diarréia , bem como náuseas e tonturas, existem alguns medicamentos muito eficazes que não exigem receita médica.
  • Os laboratórios farmacêuticos oferecem uma variedade de medicamentos de venda livre com ação benéfica na flora intestinal, cuja ação é proteger o estômago podendo aliviar o desconforto.

Dicas de Remédios Caseiros para aliviar a dor no Estômago

1) Suco de Batata

Comer um pedaço de batata crua pode ser o suficiente para acabar com as dores do estômago. Sua quantidade expressiva de carboidratos e proteínas ajudam o órgão a trabalhar melhor. Contudo, caso queira manter um remédio caseiro mais prático ao longo do dia, realize os seguintes passos.

  • Pegue uma batata crua, corte-a no meio e rale em pedaços bem pequenos.
  • Coloque a batata ralada em um pano limpo e esprema-a em cima de um copo, ou um recipiente pequeno de vidro, até o suco sair.
  • Beba várias vezes ao dia, até a dor sumir.

2) Alcaçuz

O alcaçuz, in natura, é um ótimo aliado para quem está com dores no estômago, principalmente, aquelas vindas pelas crises de úlcera. Uma lasca delas é capaz de envolver o estômago em espécie de gel que não apenas reforça a parede estomacal, como reduz o nível de acidez no estômago. Também é muito útil contra azia e cólicas.

3) Chá de Hortelã-Pimenta

A Hortelã-Pimenta pode ser tanto bem apreciada naturalmente, como na forma de chá. Suas propriedades antiespasmódicas são capazes de aliviar os músculos gerais do corpo, e especialmente do estômago, protegendo-o contra gases e congestões.

Com uma pequena folha você pode conseguir parte destes benefícios. Mas com uma infusão completa, você garante maior proteção.

Ingredientes

  • 3 xícaras de chá de hortelã-pimenta seca
  • 1 litro de água
  • Mel

Modo de Preparo

  • Ferva a água, e adicione as xícaras de hortelã-pimenta.
  • Mantenha no fogo entre 5 e 10 minutos. Desligue o fogão, tampe a infusão e deixe amornar.
  • Adicione um pouco de mel antes de beber. E beba devagar.

4) Iogurte Natural

O iogurte natural é um dos remédios naturais mais práticos para se acabar com a dor no estômago. Seu processo, realizado com lactobacilos vivos, consegue proteger o estômago de gases e más digestões graças ao reforço oferecido em sua parede estomacal.

Um pote pequeno de iogurte natural ingerido após grandes refeições, como o almoço e o jantar, é o suficiente para proteger o estômago. Se preferir, pode adicionar frutas que potencializem suas propriedades, como o morango ou kiwi, por exemplo.

5) Chá de Dente de Leão

O Chá de Dente de Leão é eficaz para as dores no estômago por três motivos: ele é diurético, anti-inflamatório e consegue estimular o apetite, fazendo dele uma fonte rica principalmente próximos de horários de alimentação.

Ingredientes

  • 1 xícara de chá de água
  • 1 Colher de Sopa de Dente de Leão Seco (apenas as folhas)

Modo de Preparo

  • Ferva a água, coloque numa xícara junto das folhas de dente de leão e deixe tampado por 10 minutos.
  • Deixe amornar e beba.

6) Vinagre de Maçã

Como um bom antibiótico natural, o vinagre de maçã é um remédio natural muito eficiente contra as dores no estômago causadas por indigestões e gases, aliviando o órgão. E este aspecto se encontra em menor proporção na maçã, graças as fibras presentes na mesma.

Para usar o vinagre de maçã, faça a seguinte receita.

Ingredientes

  • 1 copo de água morna
  • 1 colher de sopa de vinagre de maçã
  • 1 colher de sopa de mel

Modo de Preparo

  • Misture o vinagre no copo com água morna
  • Adicione o mel e beba em pequenas porções ao longo do dia, até que a dor desapareça.

7) Compressa de Arroz

As compressas quentes são um dos meios mais simples para acabar com as dores no estômago, com o calor do acessório sendo capaz de estimular o órgão e, assim, aliviar o sintoma. Caso você não possua uma compressa ou falte alguns dos ingredientes para as receitas acima, faça o seguinte passo a passo.

  • Pegue uma meia limpa e encha-a com arroz cru (duas xícaras de chá são o suficiente).
  • Esquente por cerca de 1 minuto no micro-ondas e coloque sobre a barriga.
  • Caso a potência do aparelho esteja muito alta, espere esfriar um pouco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.